Bruno

Bruno é músico pianista e compositor, com uma queda pela escrita que determinou seu perfil acadêmico. Sua tese de doutorado em composição musical tem por objeto sua própria música, porém a tônica de sua discussão é a capacidade do pensamento, através de sua imiscuição com a linguagem, de transformar notavelmente o ser da música, ainda que os seus sons permaneçam sempre os mesmos. De certa forma, ao invés pensar coisas ao fazer música, Bruno faz música ao pensar coisas. Seus produtos musicais acabam sendo bastante diversificados: peças de música insturmental para concerto, música para piano, trilhas sonoras para espetáculos, jogos eletrônicos e vídeos, experimentações com música eletrônica, música com objetos cotidianos e paisagens sonoras. Bruno também leciona teoria da música, e possui artigos publicados nessa área. Bruno acumulou prêmios e frustrações em concursos e festivais de música. Bruno também organizou festivais de música. Bruno gosta da ideia de absurdo em música, como quando um insturmento inusitado aparece. Bruno gosta de pensar as sonoridades “fora de lugar”, de fazê-las surgir e viver em realidades musicais que, em princípio, não pareciam inclusivas. Em 2017, Bruno se juntou com Diego em uma coisa sem fim chamada Unoego, que vem a ser um ambiente conceitual para criação artística, que acaba potencializando a realização de diversas intervenções, vídeos e textos, todos eles publicados no site www.unoego.com.

Fale com o Bruno